terça-feira, 25 de agosto de 2009

Eleições no PT: 06 candidatos a presidente, 07 chapas à direção estadual. BIRA SAI NA FRENTE


Mais que o cumprimento de uma mera formalidade, os procedimentos de inscrição dos candidatos a presidente e das chapas à nova direção do PT é um termômetro de como andam a mobilização, a organização e o apoio político das bases aos postulantes.

A partir desses critérios, pode-se dizer: Bira do Pindaré e a chapa Unidade Petista largaram na frente nas eleições do PT.

É o que mostram os dados preliminares das incrições para o PED, o Processo de Eleições Diretas do PT. Ontem (segunda-feira, 25/8), às 20h, encerrou-se o prazo para a incrição de candidatos a presidente e das chapas à Direção Estadual do Partido dos Trabalhadores.

Seis candidatos a presidente se inscreveram. Sete chapas se apresentaram para disputar as 49 vagas do diretório estadual - presidente e líder da bancada na Assembléia Legislativa, contam em separado para completar os 51 membros no total.

Um dos critérios para inscrever os candidatos a presidente é a apresentação de um abaixo-assinado de pelo menos 0,1% do total dos filiados no estado. O Maranhão tem 26 mil filiados, segundo lista de aptos a votar. Então, cada candidato precisaria ser subcrito por pelo menos 27 filiados. Dos seis inscritos, Bira foi o com maior respaldo, foi apresentado por 327 filiados.

Atrás de Bira, com 327 apoios, vieram:
Rodrigo Comerciário, com 110 filiados subscrevendo sua candidatura;
em terceiro, Raimundo Monteiro, com 92 filiados;
em quarto, Augusto Lobato, com 60 filiados;
em quinto, Edmilson Carneiro, com 36 filiados;
em sexto, Fransuíla Farias, com 32 filiados.

Assim ficam,então, demarcadas as posições internas em relação à presidência do PT

Bira do Pindaré, reunindo as tendências Luta Solidária, Democracia Socialista, Tendência Marxista e os apoios de Manoel da Conceição e dos dirigentes da Executiva Estadual do PT Silvio Bembem, Márcio Jardim, Franklin Douglas e Silvana Brito;

Rodrigo Comerciário, abrindo uma dissidência no campo da CNB;

Raimundo Monteiro, candidato da maioria da CNB e com o apoio do deputado federal Washington Luiz e dos dirigentes da Executiva Estadual do PT Rose Frazão e José Inácio;

Augusto Lobato, reunindo a Democracia Radical, PT de Aço e Articulação de Esquerda e dos dirigentes da Executiva Estadual do PT Domingos Dutra, Ricardo Ferro e Terezinha Fernandes;

Edmilson Carneiro, abrindo uma dissidência na CNB e com o apoio do secretário do governo Roseana Sarney, José Antonio Heluy;

Fransuíla Farias, vereadora de Balsas e também em dissidência na CNB e com apoio do dirigente da Executiva Estadual do PT Mundico Teixeira.

Na disputa para a direção estadual, a novidade é a chapa sem cabeça do deputado Domingos Dutra. Ele lidera a chapa "Em defesa da nossa história", diferenciando-se da chapa apresentada por Augusto e Jomar. Pelo critério de quantidade de municípios e capacidade de preencher a quantidade de vagas em disputa, a chapa de Dutra é a terceira mais forte, com 93 candidatos à Direção Estadual e espalhada em quase 70 municípios. Fica atrás de "Unidade Petista"- com 124 candidatos e mais de 60 municipios e "Josué Pedro-Construindo um novo Maranhão", com 96 candidatos e mais de 50 municipios

Foram sete as chapas registradas para as 49 vagas a Direção Estadual, 08 vagas ao Conselho de Ética e 08 vagas ao Conselho Fiscal (que podem ser acrescidas de 1/3 de suplentes e no mínimo 30% de cotas às mulheres). Há ainda a lista de inscritos para delegados/as ao Congressso Estadual do Partido.

Unidade Petista (com Bira-presidente) - 124 candidatos;
Josué Pedro-Construindo um Novo Maranhão (com Monteiro-presidente) - 96 candidatos;
Em Defesa de nossa história (sem cabeça pra presidente) - com 93 candidatos;
Amanhecer na luta (com Augusto-presidente) - 81 candidatos;
A força vem da base (com Edmilson-presidente) - 68 candidatos;
Renovar é preciso (com Rodrigo Comerciário-presidente) - 46 candidatos;
Construindo a mudança no Maranhão (com Fransuíla-presidente) - 25 candidatos

Leia mais no aqui

3 comentários:

Genilson Protasio disse...

O blogue e seu autor mostram nítida parcialidade,obviamente favorável à chapa que o mesmo compõe; o que não é bom para uma ferramenta que ainda busca afirmação.
Para analisar o desempenho das chapas no PED e seus respectivos candidatos, é indispensável interpretar todas as fases do calendário "pediano", inclusive seus lançamentos e demais movimentos internos.
A chapa "Amanhecer na Luta", que tem o Companheiro Augusto Lobato como candidato a presidente, reúne vários fatores que asseguram está na frente do referido pleito.
Enfim, que a maioria torça para que o ped, neste momento de tempestades, contribua para o fortalecimento do PT.
Genilson Protásio

coletivo da redação disse...

Caro Genilson, o blogue está aberto a registrar os "vários fatores que asseguram que o companheiro Augusto Lobato está na frente do referido pleito". Sem crises! Obrigado pela participaçao

Anônimo disse...

Franklin, alguns são bem perceptíveis como a predisposição do Augusto Lobato na construção diária do PT. sua capacidade de interlocução com várias regiões do Estado e movimentos sociais, que o faz respeitado internamente.
Registre-se também, a tranquilidade política na construção da chapa "Amanhecer na Luta", seus componentes, adicionado-se a presença dos apoiadores locais e nacionais. Cabe lembrar que a maioria do coletivo que tem o dep. Dutra como liderança de maior expressão, foi favorável a Augusto presidente.
É lógico que o programa da chapa e seus desdobramentos inclusive para as eleições de 2010, significará um ponto forte a seu favor.
No mais não podemos esquecer que no ped passado, alguns dos valiosos Companheiros, defendiam as proposições do Lobato inclusive de apoio ao Dutra-pres., todo esse quadro corroborou para a presença do PT no governo Jackson; considera-se até então que para fora da executiva nada de tão radical aconteceu.
abraços, Genilson Protásio